Pilates na preparação para esquiar

Pilates na preparação para esquiar

As férias estão chegando e, dependendo do roteiro, é preciso se preparar para elas.

Subir as montanhas para esquiar acrescenta uma dose de emoção a qualquer roteiro de viagem. Mas a aventura pode se tornar perigosa, caso os planos não incluam uma boa preparação física como pré-requisito de segurança.

Desfrutar deste esporte, mesmo que de forma amadora, requer uma atenção especial ao fortalecimento dos membros inferiores e do core (músculos estabilizadores do tronco que dão suporte à coluna e quadris), além de equilíbrio, coordenação e condicionamento aeróbio – vale lembrar que a altitude nos deixa mais cansados e sem fôlego do que o normal.

O risco de lesões em esquiadores despreparados não deve ser desprezado. Os joelhos são as maiores vítimas, que, devido à eventuais quedas, sofrem com os mais diversos traumas. A atenção aos próprios limites é tão importante quanto o uso dos equipamentos de proteção.

Como o Pilates auxilia a preparação física de quem deseja esquiar?

Em uma aula de Pilates o core é o centro das atenções. Ele é exigido a todo o tempo. Exercícios funcionais, que fortalecem membros inferiores, glúteos e braços – muitas vezes em trabalho simultâneo e coordenado -, são grandes aliados do praticante de esqui.

É muito importante que o instrutor de Pilates selecione um repertório de movimentos que assemelhem-se ao gesto motor específico da prática. Acessórios como a bola e o bosu, por exemplo, permitem diminuir as bases de apoio dos exercícios, e com isso desenvolvem a força e o equilíbrio, simulando as instabilidades promovidas pela neve durante o esporte.

Fique atento às dicas, se prepare e tenha ótimas férias!

Angelita Mazza
Personal Trainer especialista em Pilates e Performance Humana
Cref: 070647-G/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *