Equipamentos ideais para atender idosos

Trabalhar com idosos pode ser muito vantajoso – e também muito recompensador. Afinal, ajudar alguém com idade mais avançada a melhorar a qualidade de vida e a conseguir executar as tarefas do dia-a-dia, como escovar os dentes e calçar os sapatos, sem dores ou lesões, por exemplo, é, sem dúvidas, muito gratificante e motivador. Mas é preciso estar preparado e mais: ter à mão as ferramentas certas para ajudá-los da melhor forma possível!

Abaixo, confira algumas dicas de Cleiton Londero, Consultor de vendas da MetaLife há seis anos, para escolher e adaptar máquinas e acessórios para este tipo de público.

Equipamentos e acessórios apropriados

Reformer com pé alto para reabilitação: Os idosos não precisam fazer tanto esforço para entrar e sair do equipamento na hora de iniciar ou finalizar a prática dos exercícios, facilitando os processos e diminuindo possíveis desconfortos.

Molas com menos intensidade: Existem molas com diversas intensidades, inclusive mais leves, que exigem menos dos idosos, que às vezes estão debilitados e com os músculos mais enfraquecidos.

Plataforma de extensão no Ladder Barrel ou no Reformer: Proporciona mais equilíbrio e segurança durante a execução dos exercícios no Ladder Barrel. Também pode ser facilmente adaptada ao Reformer. Além de aumentar a diversidade de exercícios, funciona como apoio, proporcionando mais estabilidade e conforto para os idosos.

Conversor mat no Reformer: Possibilita transformar o Reformer em uma maca, executando exercícios normalmente realizados no solo com muito mais conforto. Assim, as pessoas com mais idade podem executar movimentos do repertório de mat, sem precisar sentar no chão.

A Meia lua e o Step Barrel também podem ser muito úteis nos atendimentos aos idosos. Eles ajudam no posicionamento da coluna vertebral durante a execução de diversos exercícios de alongamento, flexibilidade, fortalecimento e mobilidade articular.

Além dos equipamentos certos, é preciso se capacitar para atender idosos

É necessário investir em cursos especializados em Pilates para idosos, conhecer os exercícios mais apropriados para cada tipo de fase ou dificuldade. Também é importante adequar e organizar o espaço para acolhê-los. Acompanhe nossas dicas.

Preparando o estúdio

Organize seu estúdio. Uma quantidade muito grande de objetos, sejam decorativos ou para prática de exercícios, dificulta a locomoção e a praticidade. A não ser que haja bastante espaço disponível.

Equipamentos alinhados, com uma boa distância para se andar entre eles, são indispensáveis para a prevenção de acidentes e a manutenção da saúde desse público. Além das passagens, outros locais de saída devem estar sempre livres de materiais que possam provocar tropeções e quedas. Evite tapetes e vasos muito grandes, por exemplo.

Também mantenha os corredores e as áreas de prática livre de itens desnecessários no momento, como bolas, acessórios, molas…pegue na hora o que vai utilizar e já guarde assim que finalizar. Delimite os locais com faixas e determine lugares apropriados para armazenagem dos equipamentos e materiais menores após o uso.

Utilize preferencialmente pisos de madeira, que são mais térmicos e proporcionam mais conforto. Mantenha a temperatura do ar agradável e, sempre que puder, deixe a luz natural entrar.

Coloque corrimãos na entrada, em corredores estratégicos e no banheiro, de forma que os idosos possam se segurar para subir e descer possíveis degraus, ou mesmo se abaixar e se levantar para utilizar o vaso sanitário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *